Posts

Programa de Integração

Programa de Integração

CONTEXTO

Tudo que se faz, em equipe fica melhor e é mais divertido. Em equipe produzimos mais e melhor. Só que um agrupamento de pessoas não é uma equipe; muito menos um Time de Alta Performance. Colocar simplesmente pessoas em uma mesma sala não fará com que elas se fortaleçam e se transformem num time afinado e interessado em um objetivo COMO-UM.

Este programa utiliza um conjunto de técnicas focalizando o grupo como um time e fazendo com que, ao término, as pessoas também se vejam da mesma forma!

 

OBJETIVOS

Elaborar e conduzir um evento em estilo workshop para:

– Integrar a equipe

– Criar abertura entre os colaboradores

– Proporcionar um clima de descontração

– Transformar um grupo de pessoas num time forte e coeso, afinado com objetivos comuns;

– Aproximar as pessoas, sem expô-las em sua intimidade, mas trazendo à tona um pouco mais de cada uma do que permite a correria do dia-a-dia;

– Mostrar as vantagens, para a empresa e para cada um, de ser um time;

– Desenvolver paz-ciência, criatividade e flexibilidade em circunstâncias difíceis.

PROGRAMA PRELIMINAR

– Jogos teatrais e lúdicos para proporcionar um clima de descontração, e iniciar de forma leve e divertida

– Jogo lúdico tanto para quebrar o gelo quanto para conscientizar sobre cooperação e a arte de jogar juntos; uns com os outros, ao invés de uns contra os outros (sentimento de coesão e pertencimento)

– Atividades (jogos, cenas de filmes, músicas e dinâmicas) para integrar a equipe

– Jogos sutis, isto é, jogos de subgrupos que rodiziam para que as pessoas possam se conhecer sem precisarem se expor emocionalmente

GFP – Gestão de Finanças Pessoais: O caminho para a cura da insatisfação salarial

GFP – Gestão de Finanças Pessoais: O caminho para a cura da insatisfação salarial

CONTEXTO

Nunca houve tanta inadimplência, empréstimos e dívidas no mercado quanto atualmente. Daí a proliferação de cursos e seminários ensinando a lidar com dinheiro. Uma das causas é o advento conhecido como e-money. Por incrível que pareça, o dinheiro de plástico ou virtual pode causar um grande número de transtornos. Mas há formas de utilizar isso justamente à nosso favor.
Também é um fato comprovado que as dívidas acarretam graves problemas na produção (na linha de fábrica ou na administração) porque pessoas endividadas têm o dobro de dificuldade para se concentrar no trabalho.
Gente que deve, perde o sono, tem vergonha, sentimento de impotência, incapacidade, desesperança. tristeza e muitas incertezas quanto à própria capacidade de quitar dívidas. O pior é que, nestas condições, as pessoas “travam” e reduzem sua perspectiva de vir a ter uma vida melhor.
Este seminário pretende ensiná-lo(a) a sair de situações como estas e oferecer várias dicas úteis de como ajudar pessoas próximas à você a fazerem o mesmo. Principalmente porque ele contem tanto informações práticas e imediatamente realizáveis quanto psicológicas preventivas para garantir um futuro muito mais tranquilo para você, sua empresa e seus familiares e amigos.

 

OBJETIVOS

Ao final do seminário, os participantes…
1. Entenderão os males da má administração financeira causados à eles e à Organização;
2. Compreenderão as causas e efeitos da insatisfação salarial;
3. Saberão as diferenças entre: Dívidas, despesas e investimentos
4. Receberão algumas dicas de como fazer alguns investimentos e administrar suas dívidas;
5. Serão preparados para melhor lidar com dinheiro
6. Perceberão que a qualidade de vida depende também da gestão financeira pessoal e familiar. E que educação financeira é um processo a ser desenvolvido por toda a vida.

 

PROGRAMA

– Descobertas úteis das Neurociências – que estudam as relações entre cérebro, mente e comportamento – sobre Mudanças e Qualidade de Vida.
– Questões relevantes sobre o funcionamento dos seres humanos que ajudam a compreender como isso afeta seus resultados, para melhor ou para pior em termos de Inteligência Financeira.
– Administração emocional.
– Você se sustenta ou ostenta?
– Economias diretas e indiretas: Despesas “boas” e ruins.
– Dinheiro Amigo: Faça com ele trabalhe para você e não contra você.
– Como identificar se um anúncio promocional é ou não uma “roubada”.
– Como aprender a ler as mensagens embutidas no sistema para não ser manipulado(a).
– Use as taxas a seu favor
– Como “sair do buraco”.
– Dinheiro tem V.I.D.A. própria: Ele não “leva desaforo”, não admite erro e não quer saber do seu “astral”. O que fazer com isso?
– Seus colaboradores realmente acreditam que ganham mal. A verdade é que essa percepção pode mudar a partir da compreensão obtida neste seminário.

Inteligência Emocional: Teórico e Vivencial

Inteligência Emocional: Teórico e Vivencial

 

CONTEXTO

Best seller mundial, o livro “Emotional Inteligence” do Ph.D. em Psicologia e jornalista do The New York Times, Daniel Goleman, está revolucionando tudo que se acreditava saber sobre o que é ser inteligente, ter sucesso, maturidade e equilíbrio emocional.

As organizações do 3º milênio já estão reorganizando suas abordagens em seleção, avaliação, acompanhamento, treinamento e desenvolvimento de profissionais conforme as mais modernas descobertas e constatações científicas da área de humanas, notadamente as comportamentais e neurológicas.

Essas mudanças, na verdade, já vinham começando a ocorrer timidamente. Agora dispararam e vêm sendo cobradas dos profissionais das áreas de educação e treinamento na forma de revisão de posturas, atitudes, parâmetros de avaliação e, principalmente ferramentas utilizadas para alcançar resultados efetivos.

OBJETIVOS

Atualizar os participantes quanto às bases da Inteligência Emocional à nível teórico no que concerne tanto aos aspectos psicológicos quanto neurofisiológicos, em linguagem simples e acessível;

Desenvolver o QE – Quociente Emocional – através de métodos, técnicas e sistemas integrados, vivenciais e holísticos que podem ser utilizados como ferramentas por profissionais de diversas áreas que atuem com grupos;

Em suma, ensinar, reciclar e treinar os participantes, propiciando – simultaneamente – seu próprio crescimento pessoal e profissional.
PROGRAMA

Quais são e para que servem as emoções;

A natureza da Inteligência Emocional;

Os 5 principais aspectos que determinam o QE e as técnicas e métodos para desenvolvê-los;

Como reconhecer e administrar emoções em si mesmo e nos outros;

A nova abordagem da cooperação como estratégia de desenvolvimento do QE;

Exercícios teóricos, práticos e vivenciais para ampliação das percepções e recuperação da intuição em equilíbrio com a razão.

Formação de Instrutores de Treinamento

Formação de Instrutores de Treinamento

CONTEXTO

Com o know-how adequado, todos os profissionais que atuam na área técnica podem se tornar multiplicadores de seu conhecimento utilizando as ferramentas adequadas e necessárias em treinamento.

É mais divertido e fácil do que se pensa desenvolver habilidades no trabalho com grupos. Além disso, é uma vantagem competitiva no mercado global, garantindo o conhecimento específico e personalizado a cada curso.

Há, ainda, uma forte tendência a obter-se maior motivação e, consequentemente, maior produtividade a partir de um trabalho de valorização do conhecimento do funcionário que se tornará um multiplicador ou, como preferimos chamar, um facilitador do desenvolvimento e da aprendizagem de um subordinado ou parceiro de trabalho.


OBJETIVOS

Além das técnicas, nos propomos a passar tecnologia de educação avançada e continuada para os participantes;

Desenvolver a percepção e a capacidade de transferir know-how para terceiros através de técnicas, métodos e sistemas que podem, inclusive, ser utilizados posteriormente como ferramenta permanente de atuação em Treinamento & Desenvolvimento;

Em suma, ensinar, reciclar e treinar os participantes, capacitando-os a conduzir treinamento técnico para os funcionários e/ou convidados da SINIMPLAST, propiciando simultaneamente seu próprio crescimento pessoal e profissional e a consciência para a Qualidade.


PROGRAMA

Técnicas de ensino através do C.A.V. – Ciclo de Aprendizagem Vivencial – que possibilita o “Aprender Fazendo” e Princípios de Neuroaprendizagem;

Jogos (cooperativos, de empresa, teatrais e lúdicos) e Dinâmicas de grupo: Como utiliza-los em treinamento;

Modernas técnicas de comunicação e relacionamento interpessoal com base na teoria da Inteligência Emocional;

Princípios da automotivação, técnicas antiestresse, ativadores, vitalizadores, harmonizadores e dinamizadores de aula;

Técnicas de apresentação em sala de aula;

Exercícios e dinâmicas de grupo (incluindo o método de Ampliação das percepções e recuperação do reflexo);

Acompanhamento através de supervisão e/ou co-facilitação na 1ª aula de cada formando.

Liderança & Gestão

CONTEXTO
Posição classicamente invejada e criticada ao mesmo tempo, a liderança (gerência ou qualquer outro cargo de gestão) pode ser uma benção e um troféu para a carreira de um profissional ou a pior coisa que já lhe tenha acontecido.

Não são nem as pessoas da equipe, nem os pares e nem os superiores que tornam um sucesso ou um fracasso a carreira do líder. São suas próprias atitudes e pensamentos.

Este programa revê atitudes, comportamentos e pensamentos típicos das carreiras que naufragaram e propõe novos comportamentos explicando porque e para que com base nas teorias da Inteligência Emocional, da Neurociência (estudo do cérebro e as conseqüências no comportamento humano) e da moderna Administração.

OBJETIVOS
Elaborar e conduzir um Seminário focalizando o tema “Liderança & Gestão“.
PROGRAMA PRELIMINAR
A Moderna visão do líder de sucesso e das implicações deste papel;
Como liderar a partir dos conceitos da ciência que estuda nosso cérebro
Cérebro triúnico e gestão da mudança (Change Management)
Quociente de Inteligência (QI) x Quociente Emocional (QE Inteligência Emocional) x Produtividade/Comprometimento
Mind set x Proatividade, Confiança e Otimismo frente às situações de desafio
Qual é a competência exclusiva do líder, porque ele está absolutamente sozinho quando precisa utilizá-la e o que fazer nestes casos
Vitimização x Protagonização: Algumas considerações fundamentais
Princípios de Neuroliderança e Neurobusiness.